Portal do Governo Brasileiro
Página Principal / Estrutura / Estrutura / Composição da Comissão Especial de Mobilização e Divulgação

Composição da Comissão Especial de Mobilização e Divulgação

Coordenador 

  • Marcos Silva Ozorio 

Membros Titulares

  • Alessio Costa Lima – UNDIME,
  • Cleunice Matos Rehem –SESU,
  • Luiz Fernando de Moraes Barros – CNC,
  • Antonia Firmina de Oliveira Silva – CONFENAPA,
  • Mayra Souza Silva Santos – FNDE,
  • Antônio Luiz Martins dos Reis – Aliança Nacional LGBTI,
  • Valdecir Carlos Tadei – SETEC,
  • Manoel Humberto Gonzaga Lima - UNCME,
  • Maria do Carmo Tourinho - CRPD, 
  • Marlon Seabra Peres - Rede Amazônia Negra,
  • Gilmar Veron - CNEEI,
  • Roberta Guedes - ANEC.

Membros suplentes

  • Daniele Bernardino Pereira de Sales – SENAC,
  • Elza Marina Moretto – CONSED,
  • Maria Eliane Franco Monteiro Azevedo – CNI,
  • Rogerio Fernando Lot – FNDE,
  • Wania Clemente de Castro – SASE. 

São atribuições da CEMD

  1. articular os Estados, o Distrito Federal e os Municípios na organização de seus Fóruns e Conferências de Educação:
    a) elaborando as orientações para a organização dos Fóruns Estaduais, do Distrito Federal e Municipais de Educação;
    b) elaborando as orientações para a organização das Conferências Estaduais, do Distrito Federal e Municipais de Educação; e
    c) promovendo e participando de reuniões para colaborar com a organização e para o fortalecimento dos Fóruns Estaduais, Distrital e Municipais de Educação.

  2. articular os meios e garantir a infraestrutura para viabilizar o FNE e a CONAE:
    a) propondo formas de suporte técnico e de apoio financeiro ao FNE e às CONAES;
    b) planejando e acompanhando a logística para a realização das CONAEs;
    c) organizando a elaboração e os arquivos das atas do FNE;
    d) acompanhando a publicação de portarias sobre o FNE.

  3. articular os meios para colaborar com a organização dos Fóruns e Conferências de Educação dos Estados, Municípios e do Distrito Federal:
    a) propondo formas de suporte técnico e de apoio financeiro aos Fóruns e Conferências Estaduais, Distrital e Municipais de Educação; e
    b) avaliando a execução das formas de cooperação técnica e financeira da União aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios.