Portal do Governo Brasileiro
Fale Conosco

Fórum de Tocantins promove Seminário que enfoca BNCC

O Fórum Estadual de Educação (FEE) de Tocantins realizou, nesta segunda (07) e terça-feira (08), o Seminário "Desafios Contemporâneos da Educação", o enfoque foi a Base Nacional Comum (BNCC). Professores, gestores escolares e técnicos da Educação se reuniram para discutir os desafios de elaborar um currículo que atenda, de fato, à diversidade humana. O evento foi realizado no auditório do Centro Universitário Luterano de Palmas (CEULP/ULBRA), em Palmas. O coordenador do Fórum Nacional de Educação, Heleno Araújo, e o membro do FNE, Ítalo Dutra (SEB/MEC) integrarão as discussões.

 

O coordenador do Fórum Estadual de Educação, Romeu Feix, citou que os desafios sociais são complexos e, por isso, a educação tem que estar preparada para atender esses múltiplos aspectos. "Antes, a educação buscava a homogeneidade, tinha a diversidade como um fator problemático, agora, a diversidade está inserida no currículo principal", contou. Para ele, o Seminário foi importante para construir e ampliar as concepções e propostas para a BNCC na perspectiva da educação integral e humanizadora ao dialogarmos sobre as temáticas da diversidade. "Acreditamos que, com este Seminário, o FEE se fortalece como um espaço importante e necessário de discussão, proposição, avaliação e monitoramento das políticas públicas de educação", aponta.

 

Heleno Araújo ministrou a palestra "Desafios contemporâneos da Educação". Para ele, o encontro foi positivo, com uma programação bem dividida em dois dias, que abordou temas educacionais importantes para reflexões. Ele destaca a importância dos Fóruns Estaduais de Educação realizarem momentos de discussões como este. "O espaço dos Fóruns de Educação é para debate sobre todas as políticas educacionais. O seminário realizado, em Tocantins, mostra quanto estão sintonizados com os temas necessários, na educação, para o presente e o futuro da educação básica e superior do Estado e do Brasil", aponta o coordenador do FNE.

 

Ítalo Modesto Dutra explicou que a diversidade fará parte da base comum do currículo. "Diversidade não é exceção, é parte de todos nós, representa os múltiplos aspectos da sociedade", enfatizou Ítalo. Ele enfocou a valorização das participações populares que estão inserindo temas para compor o currículo nacional.

 

Assessoria de Comunicação Social do Fórum Nacional de Educação com informações da SEDUC do Tocantins


Assunto(s): 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

© Ministério da Educação. Todos os direitos reservados | Desenvolvimento: DTI - MEC - Governo Federal